UNIODONTO

Porque seu sorriso significa muito mais do que estar feliz

Os primeiros dentinhos do bebê nascem no sexto mês de vida. Em algumas crianças, o nascimento de dentes é mais precoce e eles podem aparecer entre o terceiro ou quarto mês. A dentição do bebê está completa entre os dois anos e dois anos e meio de idade.

Apesar de ser um evento natural, o surgimento dos dentes acaba criando uma expectativa em pais e mães. A erupção dos dentinhos de leite vem acompanhada pelo aumento da saliva devido à maturação das glândulas salivares e à dificuldade que o bebê tem de engolir a saliva produzida; Também pode aparecer diarréia, em conseqüência de da contaminação por objetos levados à boca pelo bebê e sucção dos dedos, principalmente em condições de higiene inadequada. Também surge febre baixa e passageira, provocada por substâncias que regulam a temperatura do corpo e que são liberadas durante o rompimento da gengiva. A irritação local provocada pela pressão dos dentes na gengiva não requer medicação.

No entanto, se a irritação for muito grande, é possível aplicar anestésico diretamente na gengiva, de três a quatro vezes por dia, recomendado por cirurgião dentista. Também existem mordedores macios com gel no seu interior e que devem ser mantidos na geladeira. Esses mordedores aliviam a irritação da gengiva causada pela pressão dos dentes em erupção. É tarefa dos pais fazer a higienização da boca do bebê mesmo antes do surgimento dos primeiros dentinhos.

Essa higiene é simples. Basta usar gaze embebida em água filtrada e esfregá-la com cuidado na gengiva do bebê.

Quando aparecerem os primeiros dentinhos, eles devem ser escovados após as refeições com uma escova com cerdas reduzidas e macias. Mas nem sempre o bebê permite, por isso é preciso ser paciente e brincar com seu filho, mesmo durante a escovação. Todos os recursos são válidos, como musiquinhas e uso de bonecos e escovas coloridas.

O creme dental só deve ser usado quando aparecerem mais dentinhos. A quantidade indicada é bem pequena, equivalente à metade de um grão de feijão, porque os bebês tendem a engolir a maior parte do creme dental, o que pode causar excesso de flúor no organismo e manchas nos dentes, também conhecida com fluorose.

Lembre-se: O hábito de o bebê ser amamentado ou alimentado com mamadeiras com leite, chá ou qualquer líquido contendo açúcar ou mel durante o sono, principalmente à noite, pode provocar a cárie de mamadeira ou de aparecimento precoce. Se não houver higienização nesse período, esse tipo de cárie ataca os dentes rapidamente, pois, durante o sono, o fluxo salivar diminui. Os primeiros sinais da cárie de mamadeira são as manchas brancas e opacas que muitas vezes passam desapercebidas pelos pais. A primeira consulta do bebê ao dentista deve acontecer antes do aparecimento dos primeiros dentes.

Últimos Comentários

Nenhum comentário para mostrar.